Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Praça João Fossalussa, 867 - Caixa postal 173
Fone: (17) 3279-3999 - Fax: (17) 3279-3999
28/02/2018

CÂMARA TERÁ SESSÃO SOLENE PARA IMPLANTAÇÃO DO ARQUIVO PÚBLICO MUNICIPAL

A Câmara Municipal da Estância Turística de Olímpia será palco da cerimônia de instalação do Arquivo Público Municipal, que acaba de ser criado, nesta quinta-feira, 1º de março, a partir das 19 horas. O Arquivo terá a finalidade de garantir a conservação e catalogação de toda documentação produzida por órgãos públicos locais, que será franqueada para consultas do cidadão, conforme prevê a Lei nº 4.336, de 16 de fevereiro de 2018, publicada na edição de 19 de fevereiro do Diário Oficial Eletrônico.

A Lei define, também, as diretrizes da política municipal de arquivos públicos e privados e cria o Sistema Municipal de Arquivos-Sismarq. A Lei municipal, por sua vez, obedece o que foi estabelecido no artigo 21 da Lei Federal nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991, que dispõe sobre a Política Nacional de Arquivos Públicos e Privados.

O sistema se chamará oficialmente “Arquivo Público Municipal da Estância Turística de Olímpia ‘Dr. Antônio Augusto Reis Neves’”.

Dr. Neves, como era conhecido, adquiriu dos fundadores os direitos do Colégio Olímpia por volta de 1943, mas já era proprietário de instituição de Ensino em Barretos. Após assumir o Colégio Olímpia, Dr. Neves implantou novos cursos importantes, a ponto de atrair interesse de alunos oriundos de várias cidades do Estado de São Paulo e dos Estados de Minas Gerais, Mato Grosso, atual Mato Grosso do Sul, Goiás e outros.

Sob sua orientação, o Colégio Olímpia chegou a ter 1.800 alunos em três turnos e diversos cursos, entre os quais tinha predileção pela Escola Normal Livre Nossa Senhora da Conceição, que formava professores de alto nível. O colégio tinha regimes de internato, semi-internato e externato.

Educador por excelência, embora os cursos fossem pagos, Dr. Neves sempre distribuiu incontáveis bolsas completas para estudantes de famílias que não tinham condições de arcar com os custos da escola.

Entre seus feitos está a criação de complexo educacional que atendia demanda macrorregional de alunos, para cursarem seus estudos iniciais no município. Dr. Neves foi também pioneiro na área da Assistência Social em Olímpia ao lado da inseparável Dona Nenzinha, companheira de tantas jornadas  e vigilante orientadora nos alojamentos femininos.

Outro orgulho do Dr. Neves era a monumental e imponente fanfarra do Colégio, integrada por quase uma centena de estudantes, com instrumentos de percussão e sopro, cuja presença era obrigatória em todos os eventos e solenidades do calendário.

O homenageado vem a ser avô de outro renomado advogado olimpiense, Jaime de Souza Costa Neves. Além desta importância histórica para a cidade, a família Costa Neves tem também parcela de responsabilidade pelo “boom” turístico da cidade, como doadora das terras onde foi instalado o parque Thermas dos Laranjais, através do Dr. Renato e sua esposa Nena.