Praça João Fossalussa, 867 - Caixa postal 173
Fone: (17) 3279-3999 - Fax: (17) 3279-3999
02/05/2018

Em noite de profunda emoção, Câmara homenageou deputada federal olimpiense

Em noite marcada por momentos de profunda emoção, a Câmara Municipal da Estância Turística de Olímpia realizou Sessão Solene para a entrega da Comenda do Brasão do Centenário e Medalha Prefeito Álvaro Marreta Cassiano Ayusso à deputada federal olimpiense Iolanda Keiko Miashiro Ota. O evento foi muito prestigiado por autoridades locais e regionais, grupos de entidades representativas do município e cidadãos conterrâneos da homenageada.

O evento se deu à noite, mas a deputada esteve na sexta-feira da semana passada, 27 de abril, o dia todo em Olímpia, quando participou da inauguração de vestiários e sanitários no centro esportivo do Jardim Universitário, dotado de infraestrutura com parte da verba de R$ 700 mil destinada por Keiko a Olímpia.

“Foi com muita alegria que Olímpia recebeu a nossa conterrânea para uma noite muito especial de homenagens”, comemorou o autor da propositura, Luiz Antonio Moreira Salata. “É uma das filhas mais ilustres de nossa cidade”, elogiou.

A Mesa principal, presidida pelo vereador Antonio Delomodarme, o Niquinha, vice-presidente da Casa de Leis, foi formada pelo prefeito Fernando Cunha, pelo secretário de Gabinete, Guto Zanette, do mesmo partido da deputada, o PSB, e os vereadores Marcão Coca e Zé das Pedras (1º secretário da Mesa), o capitão-PM Alessandro Roberto Righetti, comandante da 2ª Companhia da Policia Militar de Olímpia; subtenente Marcos, Instrutor-chefe do TG 02-025 de Olímpia, o professor e coordenador do curso de Serviços Jurídicos da ETEC, Marcelo Campos, e vereadores da região, além, claro, do próprio Salata, que presidiu a cerimônia.

Também estiveram presentes secretários municipais, como Selim Jamil Murad, de Turismo; Tina Riscali, de Cultura, Esportes e Lazer; de Educação, Maristela Meniti; e de Saúde, Marcos Pagliuco. A ambientação sonora esteve a cargo de professores e aluno da escola de música da Abecao.

“Estou muito feliz, e este dia foi muito especial para mim”, disse a homenageada. “O dia foi especial, não apenas por receber a Comenda e a Medalha, mas por estar aqui em Olímpia, onde nasci, e apesar de ter que deixa-la por razões do destino, nunca saiu do meu coração”, prosseguiu.

“Fui a única dos meus irmãos a nascer na Santa Casa. Me lembro que na época, segundo meus irmãos, foi uma festa, quando nasci. E eu fui embora, para o  sítio, de automóvel. Que chique!”, brincou a deputada federal.

Ela contou que passados alguns anos mudou-se para São José do Reio Preto, e depois São Paulo. Formou-se em Direito, e depois, junto com o marido, foi pioneira no segmento de lojas de R$ 1,99. “Hoje estou deputada, mas nunca deixarei de ser a mulher que perdoou os algozes de meu filho, carregando a bandeira da justiça e pelo fim da impunidade há 20 anos”, lembrou. “O perdão foi o maior e melhor investimento que fizemos nas nossas vidas. Porque sei que não existe uma dor maior para um pai e para uma mãe, do que perder um filho, disse, emocionada, a deputada.

“Quero dizer que os olhos só enxergam a beleza quando temos o coração agradecido. E quero agradecer, de coração, o vereador Salata, por ter lembrado de mim nesta linda homenagem”, disse, fechando compromisso de enviar para Olímpia mais verbas, por meio de emendas parlamentares. “Contem comigo, sempre”, encerrou.

QUEM É
Filha de imigrantes japoneses, Keiko Ota nasceu em Olímpia. É Bacharel em Direito. Em 1997, fundou, com seu marido, o vereador por São Paulo, Masataka Ota, o Instituto da Paz e Justiça Ives Ota, organização sem fins lucrativos que acolhe mães e famílias de vítimas de crimes violentos, em homenagem ao filho Ives Ota, sequestrado e morto aos 8 anos de idade. também é mãe de Vanessa e Ises Ota.

Em 2010, foi eleita a primeira mulher Nikkei da história. Atualmente, cumpre o segundo mandato como deputada federal pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A deputada federal olimpiense tem uma atuação parlamentar bastante dinâmica e produtiva. Ela foi autora da Lei 13.546/2017, que estabelece pena, em regime fechado, de até oito anos, para motoristas que matarem sob efeito de álcool ou drogas, que entrou em vigor no último dia 21, conforme amplamente divulgado na imprensa nacional. Foi também autora da Lei 13.437/2017, que institui o Dia Nacional do Perdão em 30 de agosto.

É de sua autoria também a Lei 13.285/2016, que determina que crimes hediondos tenham prioridade em todas as instâncias da Justiça. Autora, ainda, do projeto de Lei 7.010/2017, que obriga o tratamento do agressor em casos de violência doméstica. Implantou, em 2014, a Patrulha Maria da Penha no município de Suzano, a primeira do Estado de São Paulo, para atender mulheres vítimas de violência doméstica.

A deputada federal olimpiense investiu emendas no Centro de Referência e Apoio à Vítima (CRAVI), um serviço que oferece atendimento público e gratuito a vítimas, e seus familiares, de crimes violentos. É presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, titular da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (CDEIC) é também relatora-parcial do novo Código de Processo Penal Brasileiro.

Pela nossa cidade enviou emendas que, juntas, totalizam R$ 700 mil e permitiram a modernização de infraestrutura esportiva no município,

aquisição de equipamentos para o Museu de História e Folclore Maria Olímpia, e compra de equipamentos e utensílios para a Saúde municipal.