Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019
Praça João Fossalussa, 867 - Caixa postal 173
Fone: (17) 3279-3999 - Fax: (17) 3279-3999
11/12/2018

NIQUINHA É ELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA PARA O BIÊNIO 2019-2020

Na noite desta segunda-feira, 10 de dezembro, os vereadores da Câmara Municipal da Estância Turística de Olímpia, durante a última sessão ordinária do ano, elegeram Antônio Delomodarme, o Niquinha (Avante) presidente da Mesa Diretora para o biênio 2019-2020. Além dele, foi eleito vice-presidente Marco Antônio Parolim de Carvalho, o Marcão Coca (PPS), enquanto para a primeira secretaria a escolha recaiu sobre Luiz Gustavo Pimenta (PSDB), atual presidente da Casa. Luiz Antônio Ribeiro, o Luiz do Ovo (DEM), foi eleito segundo secretário.

Niquinha recebeu seis dos 10 votos possíveis, uma vez que seu colega Hélio Lisse Júnior (PSD) votou em si mesmo e recebeu votos de Fernando Roberto da Silva, o Fernandinho (PSD) e Flávio Augusto Olmos (DEM) para presidente. E José Elias de Morais, o Zé das Pedras (PR), votou também em si mesmo para o cargo principal da Mesa Diretora.

Já Marcão Coca foi eleito vice-presidente com os votos de oito de seus colegas, já que, mais uma vez, Hélio Lisse votou em si mesmo e recebeu o voto para o cargo de Fernandinho Silva.

Pimenta, atual presidente, foi eleito primeiro secretário com sete dos 10 votos declarados porque, também para este cargo, Lisse votou em si e recebeu o voto de seu colega de partido, Fernandinho. Já Flávio Olmos preferiu votar em seu parceiro do DEM, Luiz do Ovo, que na verdade era candidato a segundo secretário.

A votação foi fechada com a eleição de Luiz do Ovo para o quarto cargo da Mesa Diretora, sendo ele o mais votado dos quatro, já que recebeu nove votos, exceção feita a Fernadinho, que, de novo, votou em Hélio Lisse.

Ou seja, os votos inteiramente destoantes foram de Fernandinho, que não escolheu nenhum dos eleitos, votando as quatro vezes em Hélio Lisse. Este, por sua vez, votou três vezes em si mesmo e somente na votação para segundo secretário votou em Luiz do Ovo. Da lista de eleitos, Flávio Olmos só declarou voto em Marcão Coca e duas vezes em Luiz do Ovo (para 1º e 2º secretário). Não votou em Niquinha para presidente, nem em Pimenta para 1º secretário.

José Elias de Morais, por sua vez, só não votou em Niquinha para presidente, mas nos demais cargos respeitou os nomes propostos. Os demais vereadores -João Magalhães (MDB), Luiz Antônio Moreira Salata (PP), Marcão Coca, Niquinha e Pimenta- seguiram à risca a sequência de nomes postos para os cargos à Mesa.

A nova Mesa Diretora assume já no primeiro dia de janeiro 2019, mas presidirá sessões a partir da primeira segunda-feira de fevereiro, quando retornam os trabalhos legislativos. Se houver sessão extraordinária ainda antes do fim de dezembro, esta será presidida pela atual Mesa Diretora.